Três servidores da Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), órgão vinculado à Secretaria de Estado de Saúde (Susam), foram aprovados em processo seletivo para o MBA em Planejamento e Orçamento Governamental, oferecido pela Universidade do Estado do Amazonas (UEA). Foram disponibilizadas 50 vagas e participaram da seleção 138 pessoas. A seleção envolveu análise de documentos e prova de conhecimentos específicos.

A lista com os nomes dos aprovados foi publicada no dia 29 de outubro, na qual estavam os economistas do Departamento de Planejamento/FCecon, Rian Victor Melo e Rodrigo Ferreira Andrade, e o servidor do Departamento de Orçamento e Finanças, Willame Ferreira da Silva. O curso é presencial, no horário noturno, e a previsão é que as aulas iniciem no dia 21 deste mês.

O MBA em Planejamento e Orçamento Governamental tem como objetivo formar especialistas na área para atuar em instituições públicas e privadas. Durante as aulas, serão abordados os aspectos administrativos e de gestão governamental, além de áreas conexas de atuação específica do setor público.

Segundo a diretora-presidente da FCecon, engenheira biomédica Ana Paula Lemes, a formação continuada dos servidores da unidade hospitalar, referência na região Norte no tratamento oncológico, contribui para a melhoria dos processos administrativos através da economia de recursos financeiros públicos, assim, otimizando-os para as necessidades hospitalares.

Expectativa – Formado em Economia pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e servidor público há sete meses, Rian Victor disse que espera que os conhecimentos que serão adquiridos durante o curso possam ser aplicados nas atividades diárias do Departamento de Planejamento.

“Queremos fortalecer os processos de compras de quimioterápicos, equipamentos médicos, etc, de acordo com a legislação, além de contribuir com a diminuição dos custos dos produtos”, pontuou.

O mesmo sentimento também é compartilhado por Rodrigo Ferreira, que disse que é preciso focar na melhoria continua dos serviços prestados à sociedade amazonense, para atender as expectativas dos pacientes.