1-    Como faço para ter acesso ao tratamento especializado ofertado pela FCecon?

A FCecon é uma unidade especializada no diagnóstico e tratamento do câncer. Sendo assim, admite pacientes com suspeita ou confirmação de neoplasias malignas. Para ter acesso ao tratamento, o paciente deve ser encaminhado por uma unidade pública à Fundação. Ou, se já dispor do diagnóstico, basta procurar o setor de Ambulatório para a abertura de prontuário e agendamento de consulta com um de nossos especialistas.

 

2-    Quais os documentos necessários para a abertura de prontuário?
RG (cópia), CPF (cópia), comprovante de residência (cópia) e cartão do SUS (cópia), além do encaminhamento.

 

3-    A abertura de prontuário só pode ser feita pelo  futuro paciente?
Não. Um familiar de primeiro grau (pai, mãe e filhos) também pode proceder a abertura, desde que se identifique e esteja autorizado previamente pelo paciente, além de conhecer o histórico do mesmo. Ainda assim, todos os documentos são necessários.

 

4-    Pessoas com doenças benignas devem procurar tratamento na FCecon?
Não. A FCecon atende apenas casos específicos de câncer. As demais alterações, como por exemplo as de próstata ou mama, devem seguir para tratamento em unidades referenciadas da rede pública de saúde.